NoIndex Link

19ª edição da CASACOR Ceará

0

A 19ª edição da Mostra apresenta 36 ambientes, projetados por 52 renomados profissionais, que revelam um Ceará surpreendente, moderno e criativo, além de mostrar que, na arquitetura e no design, o essencial também vem repleto de beleza e inovação.


SALA DE ESTAR por Rodrigo Maia. De proporções generosas, este ambiente foi pensado para ser um local atemporal, em que o conforto e o aconchego estivessem presentes em cada detalhe.

A principal inspiração foi o próprio imóvel, com a arquitetura característica dos anos de 1980. À exemplo da grande alvenaria de pedra que emoldura uma das laterais da sala, que juntamente com o concreto aparente do teto e do pilar central, compõe harmoniosamente com o mármore do piso e a madeira escura dos móveis, trazendo a sofisticação desejada.

O mobiliário, aliás, é um detalhe à parte do projeto, uma vez que reúne nomes de peso do design brasileiro, como Sérgio Rodrigues, Zanine Caldas, Jacqueline Terpins, Gustavo Bittencourt, Marcus Ferreira, Arthur de Mattos Casas e Jader Almeida. A paleta de cores varia entre os tons neutros e terrosos, com ênfase no mostarda e no verde musgo, transmitindo luxo e frescor ao mesmo tempo. A iluminação, quase toda indireta, foi pensada para tornar o recanto ainda mais intimista. Para arrematar, Rodrigo Maia valoriza o que a nossa arte tem de melhor, com obras assinadas por Cadeh Juaçaba, Luiz Hermano, Marco Ribeiro, José Guedes, Rodrigo Frota e Túlio Paracampos.

Fornecedores: Ailec, Uniflex, Ouvidor Tecidos, Spot Iluminação, Bete Cunha Tapetes e Vidraçaria Paulista.


SALA DE ALMOÇO por Emanuelle Brito. A arquiteta fez seu “début” na CasaCor Ceará com o projeto deste ambiente conceitual, que tem como premissa o aconchego e a alegria de sentar-se à mesa e desfrutar os bons momentos em família. A proposta foi dar um novo status à antiga Copa, um dos ambientes mais democráticos da casa, a partir de ideias e soluções que acompanhassem a atual rotina familiar de fazer deste espaço não apenas um anexo da cozinha, e sim ser um lugar versátil e envolvente para encontros e reuniões. Assim, Emanuelle Britto optou por materiais naturais, com destaque para a madeira, do piso ao teto, trazendo a sensação de abraço e de acolhimento. O tom de azul e a presença do verde dão um ar fresh, enquanto o mobiliário promove o conforto. A iluminação pontual acentua o intimismo do espaço, pensado para favorecer a interação e a diversidade de viver em família. Fornecedores: Paroma, Multipolipedras, Spot Iluminação, Dtech e Galeria de Arte Danielle Araújo.

LAVABO DA CASA por Amaury Junior. O profissional apostou na ousadia para dar uma nova roupagem ao lavabo da CasaCor 2017, fugindo do tradicional. Esse diferencial pode ser percebido no próprio layout, em que os dois vasos, por exemplo, ficam um de frente para o outro. Mais um detalhe que desperta a atenção do público é a posição do próprio espelho, que aqui sai da parede e está localizado no teto do ambiente. Revestimentos em capitonê, madeirado nas paredes, além das pastilhas decorativas no piso, vidros e adornos evocam o tom inovador deste projeto, criando ainda efeitos visuais surpreendentes.
Fornecedores: Modullos Home Art, Empório Choça, Vetromani, Portela Iluminação e Dtech.


SALA DO COLECIONADOR por Rodrigo Porto. Este ambiente faz uma justa homenagem ao carioca Max Perlingeiro, curador a administrador pessoal do rico acervo do Chanceler Airton Queiroz. Estreante na CasaCor Ceará, Rodrigo Porto retrata o luxo do século XXI, o chamado “luxo contemporâneo”, onde o minimalismo e o uso do essencial traduzem com perfeição o bom gosto e o estilo apurado do homenageado. No espaço, por exemplo, chama a atenção o papel de parede do Palácio de Buckingham e o lustre assinado pela designer brasileira Ana Neute, além das obras do artista plástico Vando Figueiredo.


A mesa de jantar, de Jader Almeida, faz composição com as cadeiras do designer Marcelo Liggieri, que repousam sobre o imponente tapete persa iraniano em tons de pink. A opção cromática, a partir da composição do verde e do rosa em diferentes tonalidades, também contribui para a sofisticação do espaço. O toque de exclusividade fica por conta da charmosa adega, toda em filetes bronze, com vinhos portugueses da Domaine Montes Claros. Fornecedores: Candela, Bete Cunha Tapetes, Bete Cunha Interiores, Multipolipedras, Le Spec, Galpão D, e Dtech.


COZINHA DOS SABORES por Fabiane Tavares.
Um ambiente que fugisse do tradicional e que fosse tão convidativo quanto à sala de estar da casa. Com essa ideia em mente, a profissional criou uma cozinha gourmet cheia de personalidade e, claro, praticidade, ideal para os moradores adeptos às inovações, mas que não abrem mão da convivência. A cozinha de estilo retrô ganha contornos contemporâneo com a bancada em mármore e o jogo de luminárias de design. A iluminação indireta, o piso amadeirado e o tijolinho de pedras naturais entram em cena para tornar o recanto mais acolhedor, enquanto o jardim vertical se encarrega de trazer vida ao ambiente. Em meio ao clássico e o contemporâneo, surge o charmoso contraponto das panelas de barro para aguçar ainda mais os sabores.


O resultado não poderia ser outro: um espaço envolvente, feito para agregar familiares e amigos em torno de uma boa comida e muitas conversas e risadas. Fornecedores: Dtech, Multipolipedras, Galpão D e Candela.


JARDIM SECRETO por Ramiro Mendes. Inspirado no universo dos contos de Fadas e em filmes como Malévola e O Labirinto do Fauno, o designer traz para a CasaCor Ceará 2017 um charmoso e secreto jardim, onde espécies da flora local se encontram escondidas nos pergolados e no forro de gesso.


De atmosfera densa e, ao mesmo tempo, intimista, o múltiplo espaço aposta nos tons mais escuros, além de pedras, estuco, plantas secas, livros e “segredos” escondidos nas mais de 350 gavetas, como forma de aguçar ainda mais a imaginação do público.


 Assim, o ambiente se torna um verdadeiro convite para explorar todos os sentidos, onde cada visitante encontra a sua própria maneira de descobrir o verdadeiro significado deste local com o quê de mistério.


Fornecedores: Ouvidor Interiores, Candela e Dtech.


SALA DE TV COM JOGOS por Alexandre Macedo, André Pires e Marcelo Antero. O ambiente projetado pelos profissionais da Directa Arquitetura aposta em uma atmosfera jovem com ar de sofisticação, tendo como ponto de partida o layout que subdivide dois ambientes de apreço da família, o home theater e a mesa de jogos. A ideia foi valorizar a convivência a partir da união desses espaços, seja para assistir a um filme como também para se divertir com os diversos jogos de tabuleiro e cartas – ou, as duas coisas ao mesmo tempo. No décor, o trio apostou no mix de materiais que trazem o toque do rústico e do contemporâneo ao local, como na pedra Platinum Rock Face de uma das paredes e nos mármores do buffet e do painel da TV, além do papel de parede com textura de linho e do piso em vinílico amadeirado, que remetem ao aconchego. Outro ponto alto são as obras do artista plástico Pedro Orlando e as cadeiras Bossa, do designer Jader Almeida, que comemoram uma década de criação.


Tudo isso em meio a um projeto de iluminação pensado para não só valorizar todos os detalhes da decoração, mas, principalmente, de proporcionar um clima acolhedor e envolvente para os momentos de descontração entre amigos. Fornecedores: Ailec, Galpão D, Le Spec, Spot Iluminação e Bete Cunha Tapetes.


SUÍTE GEEK por Geórgia Vieira e João Dias. A arquiteta e o designer industrial projetaram este ambiente para dois jovens irmãos, que acabaram de entrar na faculdade e que são verdadeiros amantes do universo high tech, mas com características e gostos diferentes. Enquanto um é apaixonado por heavy metal, o outro é aficionado por toys e games. Essa dualidade, com forças opostas e, ao mesmo tempo, complementares, está em perfeita sintonia por toda a decoração, tirando partido dos extremos, entre cores, formas, revestimentos e materiais, para reforçar a personalidade de cada um. Na suíte, por exemplo, o tom escuro da cor grafite dialoga com o azul turquesa, que por sua vez remete ao mar do Ceará. Os bonecos e outros objetos de coleção dividem espaço com o generoso telão de imagem e som de alta definição, que agrada tanto o fã de jogos como o irmão metaleiro, assim como o piso em epóxi branco, que aqui recebeu uma textura que faz referência a um circuito eletrônico. E para atender todas as necessidades dos moradores, além de proporcionar ainda mais dinamismo ao local, Geórgia Vieira e João Dias tiram partido dos móveis e módulos, possibilitando que os irmãos recebam amigos para estudar ou simplesmente para desfrutar de cada detalhe deste quarto dos sonhos para qualquer jovem geek.


Fornecedores: Dtech, Vetromani, Casa Bonita, Adroaldo Tapetes do Mundo e Roberto Dias.


HOME OFFICE por Rosalinda Pinheiro.
Inspirado no estilo industrial chic, este ambiente cheio de personalidade foi pensado para proporcionar conforto e praticidade para os momentos de estudo, trabalho, leitura e até relax, uma vez que o projeto também inclui um local para meditação. A proposta tira partido de materiais inusitados, como a mesa em zinco, assinada pela arquiteta, que se transforma em suporte para as plantas na área que corresponde ao jardim. Já as estantes contam com estruturas de metalon com verniz incolor, em total harmonia com o revestimento rústico da parede, paginado pela própria profissional, e o piso em porcelanato líquido. Tudo sob uma paleta de cores em tons neutros, despertando sensações de tranquilidade e bem-estar ao visitante, que se completam com o rasgo envidraçado da parede, trazendo o verde do jardim da casa para dentro do espaço.


 O toque de personalidade fica por conta do mosaico de fotografias, formando uma única imagem, e da charmosa bicicleta em madeira, que traduzem com perfeição a vocação leve e descontraída desse ambiente repleto de boas energias. Fornecedores: Spot Iluminação, Misurato, Casa 7, Galpão D, Tidelli, Dtech, Decorart, Agatek, Adroaldo Tapetes do Mundo e o artista plástico Luiz Fernando Santos Dantas.


SALA DE LEITURA por Luciana Brasileiro e Marcilio Sousa. Para este espaço intimista, com 12 m², os
designers buscaram inspiração do décor contemporâneo, cuja as linhas retas e os objetos geométricos se sobressaem no projeto e se harmonizam com elementos vindos dos estilos industrial e escandinavo. Daí o uso da madeira natural, do revestimento em cimento queimado, além do couro e do ferro.


Outro ponto alto do projeto é a iluminação, que traz o aconchego necessário para os momentos de leitura e também destaca as peças de design brasileiro. Clean e funcional, esse recanto cheio de charme valoriza apenas o que é essencial, sem abrir mão da sofisticação. Fornecedores: Ouvidor Interiores, Candela e Dtech.


GALERIA DO ARTISTA por Aline Gurgel. A inspiração deste espaço partiu do próprio tema da Mostra este ano – “Descubra o Ceará”. A partir desse conceito, a designer criou um ambiente que valoriza o que temos de melhor. O teto – que se transforma em uma grande obra de arte – foi pintado por Filipe Benevides, fazendo uma alusão às rosas da cidade de São Benedito. Já as telas presentes no recanto são de Pedro Filho. A profissional assina todo o mobiliário, peças que compõem uma verdadeira exposição de design, com destaque para o banco Dáblio, criado para homenagear o cantor cearense Wesley Safadão. O resultado é um espaço que carrega o DNA cearense, seja na arte, seja no design.


SUÍTE DO CASAL por Carlos Otávio. O arquiteto se inspirou em um casal, que viveram juntos, separaram-se e decidiram recomeçar a vida muitos anos depois, para criar um ambiente acolhedor e despojado, que refletisse a personalidade dos dois. Carlos Otávio teve o cuidado de preservar ao máximo e estrutura existente, alcançando com sensibilidade o equilíbrio perfeito entre o rústico e a sofisticação.


O profissional também tira partido de materiais naturais, como as pedras nobres – com destaque para as rochas produzidas no Ceará -, os tecidos leves e a madeira, dando ao local o toque de aconchego na medida certa.


A arte cearense também marca presença no espaço, entre formas e cores de obras de nomes como Leonilson e Tete de Alencar.



Fornecedores: Spot Iluminação, Ouvidor Interiores, Adroaldo Tapetes do Mundo e Multipolipedras.


SUÍTE DA FILHA por Cibele Parreiras. O projeto assinado pela experiente arquiteta, que participa da CasaCor Ceará pela décima vez, foi pensado para uma jovem “digital influencer”, expert em moda. A ideia foi criar um espaço que não fosse apenas de descanso, mas também de trabalho e de muita descontração, mas sem abrir mão da elegância. Por isso, Cibele apostou no diálogo perfeito entre os estilos moderno e clássico, mesclando cabeceira em capitonê, materiais nobres e tecidos finos com o traçado linear e desconstruido da estante, superfícies espelhadas e o uso de acrílico iluminado.


O closet e o banheiro, que estão integrados ao quarto, também ganham ares sofisticados em todos os detalhes, como a bancada em ônix retroiluminada e a parede com jardim vertical.


A iluminação, focada e aconchegante, cria cenários perfeitos para que esta moradora, cheia de atitude, possa desfrutar deste recanto que alia moda, decoração e design. Fornecedores: Empório Choça, Galpão D, Adroaldo Tapetes do Mundo, Tidelli, Bete Cunha Interiores,Vetromani, Multipolipedras, Galeria de Artes Danielle Araújo, Agatek, Renata Colchoaria e Aroma Míriam Bastos.


SUÍTE DOS GÊMEOS por Ticiana Sanford. A Suíte dos bebês Miyasaki tem como inspiração os filhos de um casal de amigos da arquiteta, que possuem descendência japonesa. Dessa forma, o décor explora alguns dos elementos marcantes da cultural oriental, como os tradicionais origamis e o painel com imagens típicas do Japão, com destaque para o sakura, a mística flor de cerejeira.


O projeto também foi pensado de forma que o quarto pudesse acompanhar o crescimento das crianças, aproveitando toda a marcenaria existente. Os berços se tornam camas, os trocadores viram escrivaninha, o closet tem alturas flexíveis e o banheiro integrado pode se transformar em dois banheiros individuais. A linguagem nipônica aplicada de maneira inusitada é marcante no ambiente e convive em harmonia com o trabalho em macramê artesanal, ponto importante na composição do mobiliário. Fornecedores: Bete Cunha Interiores, Candela, Granos, Dtech e Multipolipedras.


VARANDA PERLA por Susana Clark Fiuza. Espaço feito em homenagem ao industrial Francisco Silveira, a varanda foi pensada para ser um ambiente de relaxamento, onde o morador pode parar e contemplar o verde do belo jardim da casa.

O concreto aparente no teto, os pilares em pedra e o piso em Perla Venata ressaltam a sofisticação do projeto. O generoso painel 3D em madeira, criado pela arquiteta, e peças de designer, assinadas por Marcelo Liggieri e Jader Almeida, são detalhes que causam impacto na composição.


A arquiteta ainda assina o buffet e o aparador feitos em madeira maciça e pedras.


Fornecedores: Adroaldo Tapetes do Mundo, Galpão D, Granos, VidroNorte, Multipolipedras e Candela.


JARDIM DO VENTOS por Thiago Borges. Com inspiração nos jardins contemporâneos, de concepção simétrica e conceitual, o paisagista apostou em plantas exóticas e de grande porte para dar personalidade ao projeto. Uma marca pessoal na linha de trabalho do profissional, que utiliza grandes espécies para criar efeito visual de impacto.


No jardim, palmeiras, tamareiras com 10 m de altura e patas-de-elefante já crescidas chamam atenção. Espelhos d’água com borda infinita, revestidos em pedra natural preta, e esculturas do artista inglês Neil Preece são destaques do projeto. Fornecedores: Metal Comércio e White Stone.


TERRAÇO DESCUBRA O CEARÁ por Campelo Costa, Romeu Duarte e Joaquim Cartaxo. O espaço apresenta um conjunto de painéis impressos que expõem, em imagens que remetem a xilogravura, infraestruturas relevantes do Ceará atual, como o Porto do Pecém, Terminal Marítimo, Centro de Eventos e outros.


JARDIM DAS MEMÓRIAS por Sergei de Castro E Valeria Maldonado. Com plantas como papoula, acácia e palmeira imperial, o ambinete resgata os amplos jardins das casas antigas. O espaço faz referência a arquitetura da Central de Artesanato do Ceará (Ceart), projetada pelo arquiteto Pedro Rossi.


DECK DA LUZ por Consuêlo Nóbrega e Marcella Torres de Melo.
Criar um espaço inusitado e aconchegante. Essa foi a intensão das profissionais para o deck da casa. O ambiente atrai pelos matérias nobres e a combinação ousada das cores, fugindo do convencional.

Conceito reforçado por uma geometria em linha reta de padrão simétrico, inclusive na cobertura em treliça de madeira. A presença de mobiliário de design arrojado, com peças assinadas por Ruy Ohtake e Marcelo Rosenbaum trazem sofisticação e singularidade ao projeto. Fornecedores: Metal Comércio, Tidelli, Bete Cunha Tapetes, Candela, Vetromani, Granos e Dtech.


LOFT GARAGEM RENAULT por Claryanne Aguiar. Elaborar uma garagem que rompesse com os padrões tradicionais foi o grande desafio da arquiteta, que criou um local de refúgio da casa. Um lugar onde se possa passar um tempo desconectado ou até mesmo servir para hospedar um convidado. Dentro da proposta de um loft, todas as paredes internas foram eliminadas, conferindo mais amplitude e total integração aos ambientes, que contemplam cozinha, estar – separado da área de dormir por uma pele de vidro, que também assume a função de telão -, closet e banheiro, com direito a uma deliciosa banheira para relaxar.


A predominância do preto e do branco ganha vida com a presença de toques de dourado e elementos pontuais de cor mais intensa, como o marsala da poltrona. A opção por materiais e revestimentos mais nobres resultam num clima de sofisticação, em que o mobiliário de estilo mais clássico não rivaliza com a pegada mais contemporânea, convivendo de modo complementar.


O projeto luminotécnico privilegiou o uso de luz indireta e suave, valorizando detalhes importantes da composição, bem como a escala cromática. Em destaque está a logomarca da Renault no forro de gesso com um jardim suspenso sobre o carro exposto. 


Fornecedores: Agatek, Roberto Dias, Dtech, Lespec, Galpão D, Adroaldo tapetes do Mundo e Multipolipedras.


LOJA BRASIL ORIGINAL por Laura Rios e Liana Feingold. Um pavilhão de 125 m² pensado para receber a loja conceito do Sebrae, divulgadora do projeto Brasil Original, que busca introduzir artesãos e seus produtos no mercado.


As arquitetas investiram em um décor de atmosfera descontraída por do uso de cores vibrantes, como o amarelo e o azul, e das formas geométricas, traduzindo movimento e modernidade no espaço. Os materiais estruturais são aparentes, reforçando a ideia de simplicidade e evidenciando o caráter rústico e original da composição.


Na iluminação, o destaque fica pelas luminárias feitas de hastes tubulares metálicas em diferentes tamanhos, dispostas de maneira escultural.


PARQUINHO DO COCÓ por Lucimary Holanda e Danielle Araripe. Carregar a essência do Parque do Cocó para dentro da área restrita de um container, criando um espaço atrativo para as crianças. Esse foi o desafio da dupla no processo de concepção desse projeto para a CasaCor 2017. Os elementos característicos do parque serviram de referência para a escolha dos revestimentos e mobiliários. Daí o piso vinílico com rajas de madeira, em tom bem suave, a estante em forma de árvore e a presença de muito verde.


As formas geométricas e o colorido suave nas paredes foram convocados para trazer ludicidade e incentivar a liberdade criativa das crianças. Bichos de pelúcia representando as espécies do parque, uma lousa bastante extensa e um tapete superconfortável para leitura complementam
a proposta de um ambiente livre para brincadeiras. Fornecedores: Bete Cunha, Paroma, Adroaldo Tapetes do Mundo e Empório Choça.


BANGALÔ DA SERRA por Marçal Barros. Uma casa de veraneio para um casal passar os fins de semana, mas que também possa servir de moradia. Com uma proposta de arquitetura limpa e contemporânea, o espaço de aproximadamente 100 m² foi muito bem aproveitado, contemplando estar, jantar, cozinha integrada e suite com closet.


A decoração segue um rústico chic, com móveis esculturais em tronco de árvores, tapete em couro e até uma rede de corda. O piso madeirado em todos os espaços gerou uniformidade e contribuiu para a sensação de amplitude.


Na parte estrutural da construção, o arquiteto inovou com o sistema Light Steel Frame, método inovador no Brasil, que possibilita uma execução rápida e limpa, não utiliza água, além de eficiência estrutural e resistência.


A técnica ainda oferece bastante flexibilidade e customização na obra.


Fornecedores: Candela, Renata Colchoaria, Bete Cunha Interiores e White Stone Granitos.


AS COISAS DO MEU CEARÁ por Ney Filho. Um jardim que retrata as plantas, as cores e a história do Ceará. Artes e artesanatos compôem o ambiente que cumpre o papel de entrada da casa. O paisagismo tira proveito de espécies e frutas típicas da região, como o melão e a banana, e dá o tom original dessa varanda solar. O espaço preservou a originalidade do piso em pedra Carriri. Fonecedor: Tidelli.


PRAÇA DO CHANCELER AIRTON QUEIROZ por Rebeca Alencar, Larissa Recamonte, Maria Christina
Bessa, Amanda Lima, Elizabeth Santiago e Angélica Castro. O projeto homenageia o Chanceler Airton Queiroz. Nele, o piso pré-moldado e a madeira do mobiliário são marcantes e fazem referência a paisagem natural e cultural da Unifor, assumindo uma proposta de lazer e contemplação.


Fornecedor: Paroma.


LOFT DO JOVEM AVENTUREIRO por Diego Studart. Pegada industrial e clima de esportes praianos para um jovem que vive o dia a dia agitado das grandes cidades, mas é apaixonado pelo mar e por atividades ao ar livre.


Com um espaço de aproximadamente 52 m² formado por dois containers agregados a uma área externa, o décor explora instalações aparentes e a manutenção do teto do container, preservando uma atmosfera descontraída e informal.


A opção por revestimentos modernos, com destaque para a pintura de padrões geométricos, traz personalidade e confere mais dinamismo ao projeto. A escolha do mobiliário cumpriu papel chave na elaboração do conceito empregado pelo arquiteto.


Tudo foi pensado para que apenas os móveis demarcassem a delimitação entre os ambientes, com escalas cromáticas e acabamentos distintos, sem se fazer necessário o uso de barreiras visuais. A área externa refletiu a paixão do jovem pela praia, com direito a um coqueiro e lugar reservado para colocar o pé na areia. Os bancos e a mesinha são assinados por designers cearenses, como Tarugo, Meio Milímetro, Studio Deusdará e Aba Studio. Fornecedores: Dtech, White Stone e Portela Iluminação.


ESPAÇO IMOBILIÁRIO por Susana Clark Fiuza. Espaço dedicado para fechar negócios no setor imobiliário, o ambiente recebeu maquetes de diversos empreendimentos e estandes das maiores construtoras de Fortaleza. A fachada, criada pela arquiteta, prima pela praticidade e pelo design geométrico, assumindo a condição de detalhe que confere um charme especial à proposta. Feita com placas recortadas de ACM, um tipo composto de alumínio, que se sobressai ao restante da estrutura, o recurso transmite um ar de modernidade logo à primeira vista. 


O elemento combina bem com o cimentício branco das paredes e ganha vida com a iluminação em tons quentes. A pele de vidro atua como componente convidativo, atraindo os olhares dos visitantes, e agregando leveza ao projeto. Na parte interna, peças em 3D com iluminação direcionada e a presença da madeira dão o tom dinâmico e, ao mesmo tempo, aconchegante da ambientação, de essência contemporânea. A escolha por uma paleta de cores mais sóbria realça o caráter moderno e funcional do conceito. Um sofá com desenhado por Susana Fiuza, especialmente para o projeto, complementa o ambiente e garante um caráter exclusivo da composição. Fornecedores: Adroaldo Tapetes do Mundo, Arthur Azevedo Móveis, Ouvidor Interiores, Ouvidor Tecidos, VidroNorte, Ailec, Candela e Dtech.


BAR AUSTIN por João Paulo Kikumoto, Geórgia Vieira e João Dias. O bar da CasaCor 2017 será administrado pelo Austin, badalada casa noturna country, que faz referência a cultura da capital do estado americano do Texas. E foi inspirados nas similaridades de povos tão distintos, e distantes, que o trio elaborou este projeto bem particular. E o que há em comum entre Fortaleza e Austin? Ambas são palcos de forte presença musical – lá, o Country, e aqui o Forró – e contam com belas praias como referência de beleza natural. O clima de sol intenso é outro ponto de convergência. Para confluir os dois estilos, o ambiente mistura a clássica arquitetura brasileira dos anos 1970 e a grandiosa arquitetura geométrica e verticalizada do Texas.


A decoração segue uma linguagem mais clean e tira proveito de uma iluminação cênica, que valoriza a paleta de cores com a presença marcante do vermelho e tons de azul noturno. O teto é um dos atrativos visuais da proposta, simulando um expressivo tapete que desce em diagonal, das laterais para o centro, e marca o balcão revestido com tecido jeans, detalhe que denota atitude à ambientação. O espaço ainda traz a bossa de uma “calçada da fama” vermelha, que pretende, de forma irreverente, homenagear nomes destacados da cultura cearense. Fornecedores: Dtech e Vetromani.


RENDA QUE TE QUERO – CAFÉ por Luce Galvão de Sá. A primeira cafeteria tem origem em Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia. A inspiração de Luce para o Café da CasaCor veio desse dado histórico, que adotou elementos provenientes do Oriente absorvidos pelo Ocidente, como os cobogós e os ladrilhos. A arquiteta priorizou a simplicidade das formas e buscou ressaltar a convivência e a descontração na hora de aproveitar um bom café.


A cartela de cores escolhida foi pensada para remeter as areias do deserto ou aridez do sertão, e o efeito ombrè traz aconchego ao espaço. Fornecedores: Galpão D, Candela, Le Spec, Multipolipedras, Bete Cunha e VidroNorte.


ESPAÇO GOURMET por Lidyanne Araújo. Um mix harmonioso entre os estilos industrial e o contemporâneo foi o conceito desenvolvido para o projeto. O concreto e o metal aparentes se aliam à elegância do mobiliário, emoldurados pelo painel de réguas de madeira que veste toda a parede e destaca a obra que retrata personalidades regionais, como a escritora Rachel de Queiroz e o poeta Patativa do Asssaré. Essa mistura de referências e materiais resultou num estilo eclético que proporciona sofisticação, aconchego e conforto na hora de receber. O ponto de destaque da proposta é a extensa ilha, com um pé-direito alto, que permite interação entre os chefs e seus convidados, funcionando como uma vitrine convidativa de sabores.


A iluminação em tons quentes atua de forma pontual e dá um toque de requinte especial ao espaço que agrega arte e funcionalidade de maneira surpreendente. Fornecedores: Adroaldo Tapetes do Mundo, Dtech, Metal Comércio, Vetromani e White Stone Granitos.


RESTAURANTE VIDA E ARTE por Brenda Rolim. Aproveitando a arquitetura original da casa, o projeto assume a presença marcante do madeiramento e do concreto existente e adiciona elementos inusitados e sustentáveis. A exemplo das chapas de cortiça, aplicadas de forma filetada sobre um fundo preto, nas paredes e no teto, formando um delicado listrado, que também contribui para a acústica do local. O piso feito de ladrilho, produzido artesanalmente, foi outro detalhe que deu charme ao resultado final. A criativa paginação a partir do modelo em duas cores sólidas deu origem a padrões gráficos diferenciados e repletos de personalidade.


O espaço se subdivide em sala de espera, com confortáveis sofás, ladeada por uma generosa mesa, com jardim de inverno ao fundo, e área de bar, com bancada em mármore escovado, deixando o clima mais descontraído.


O mobiliário flerta com o clássico e o contemporâneo, porém distribuídos para deixar o ambiente informal. O restaurante ainda abriga uma área externa com ares de quintal, fazendo-se valer da sombra de um cajueiro e do som do vento balançando as folhas.


Fornecedores: Agatek, Galpão D, Granos, Le Spec e Candela.


PRAÇA SERTÃO CONNECT por Andrea Queiroz e Dido Neto. Arte e inovação tecnológica unidas para mostrar um Ceará contemporâneo e conectado. Os bancos de aspecto hi-tech combinam com um visor digital interativo e modernos sistemas para carregar smartphones. A escultura musical, que toca a nona sinfonia de Beethoven e faz alusão à roda de bicicleta, do artista cearense Narcélio Grud traz o lúdico ao ambiente. Fornecedores: White Stone Granitos e KasaPlus.


LAVABO DUNAS por Afonso Tomoda Nobre. Um toque de arquitetura industrial harmonizado ao romantismo dos móveis no estilo provençal e rústico para criar uma atmosfera exclusiva, que foge do convencional. Essa foi a ideia que conduziu o projeto do banheiro público, elaborado dentro de dois containers. O teto chama atenção com o detalhe de macramê do artista cearense Roberto Dias. Fornecedores: Vetromani, Candela e Dtech.


CAMINHOS DA FORTALEZA URBANA por Carlos Zaranza, Simon Ráfaga e Taline Ribeiro. Elevar uma área de circulação a condição de um espaço de descanso e contemplação. O lounge assinado pelo trio propõe um olhar voltado a Fortaleza do século XXI, onde regionalismo e modernidade convivem de modo equilibrado.


A presença dominante do preto como base faz com que o verde das plantas e o branco do mobiliário sejam ressaltados. O painel LINE ART do artista Rafael Melo dá movimento a composição.


SALA ALDEMIR MARTINS – BILHETERIA por Eduardo Fontelles. O nome do espaço presta homenagem ao artista plástico cearense de destaque internacional. Várias obras do pintor podem ser contempladas no espaço, que busca valorizar a riqueza do Ceará e a grandeza do Nordeste. A proposta cria uma atmosfera fluida que estimula os sentidos dos visitantes.


A opção por tons quentes e aconchegantes ganha a companhia da elegância da madeira e da sofisticação do mármore, sendo realçados pela iluminação composta por três pendentes que fazem alusão ao folclore da região. Fornecedor: Galpão D.


SALA DE SEGURANÇA por Eduardo Fontelles. A sala de monitoramento foi desenvolvida seguindo um estilo moderno com estrutura combinando aço e vidro. Duas colunas de desenho geométrico, feitas em madeiras revestidas na cor preta complementam a fachada, imprimindo volumetria e modernidade ao ambiente. O destaque fica por conta dos vários recursos de automação e sistemas de segurança que podem ser conferidos pelos visitantes. Fornecedores: Aldroaldo Tapetes do Mundo, Galpão D e Galeria de Arte Danielle Araújo.

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta