Décor em cores, por Cibele Parreiras

Cibele Parreiras – formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará, em 1997 – é habituada a passear pelas diversas searas da profissão, reunindo em seu portfólio projetos residenciais e comerciais. Aproveitamos sua expertise para colher algumas dicas fundamentais na hora de compor o décor, como o uso das cores e seus significados.

“A inspiração decorativa é algo que nunca é demais, não é verdade? Precisamos estar  em constante busca de novas  e renovadas ideias. As mais especiais, precisamos colocar em prática e passarmos para as outras pessoas” – afirmou a arquiteta. Nós, claro, concordamos, e aproveitamos para compartilhar com você.

Preto e branco

O preto e o branco são tons clássicos que nunca ficarão esquecidos na decoração. Sabendo utilizá-los da forma correta pode-se conseguir resultados surpreendentes. Esses tons se encaixam perfeitamente entre si e com quase todas as cores luminosas e pasteis, além de trazerem elegância e sobriedade ao espaço.

O p&b dá o tom deste décor contemporâneo de aura minimalista, assinado pela E15.
O dual contrastante se alia ao dinamismo do padrão geométrico, por Emmemobili.
  • Verde

O verde possui várias tonalidades que podem proporcionar sensações diferentes às nossas casas. E contrariamente a muitas das ideias preconcebidas, ele pode combinar muito com outras cores, como o azul.

Verde turquesa = surpreendente: é uma cor viva, que deve ser utilizada, claro, em toques ou sobre uma só parede de um espaço.

 Verde menta = revigorante:  este tom tem uma intensidade média, bastante viva, que é ideal principalmente para lugares de passagem com as entradas da casa ou dos corredores.

 Verde água = tranquilizante: uma das características que mais gosto deste tom de verde é a paz que transmite, criando espaços envolventes.

Verde-escuro = com precaução: o verde-escuro é um tom original, mas o seu uso é delicado por isso devemos utilizá-lo com precaução.

Verde anis = refrescante: Esta cor é muito refrescante, mas pode chegar a cansar se usado em grande quantidade num ambiente. Cor muito alegre, ideal para o quarto das crianças.

Verde colorindo as paredes, no living assinado pela Arketipo.
O frescor das folhagens divide a cena com as pinceladas de verde na tela e na poltrona da Brabbu.
Em tonalidade mais cítrica, no ambiente multifuncional (quarto e home office) da CLEI.

Amarelo

É uma cor que adiciona calor e vitalidade ao lar. Graças às suas múltiplas tonalidades, é possível utilizar este calor em quase todas as peças da casa. O amarelo alegra, anima, dá luz e energia, irradia vida, etc. Você pode dar alegria ao seu lar com a força do amarelo.

A cor amarela dá luz às divisões e torna-as mais luminosas. Por isso, aconselha-se sua utilização nas peças mais sombrias da casa. Além de dar luz, também adiciona profundidade, dando uma maior sensação de amplitude aos quartos.

O amarelo empresta energia ao living da Bruhl.
Em detalhes e na companhia do cinza – o novo neutro da vez -, no quarto assinado pela Euromobil.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe Uma Resposta

Navegar