NoIndex Link

Cristaleiras

0


O desejo de guardar e exibir as belas e delicadas peças de valor da família deu origem a cristaleira, móvel sofisticado, que ganhou novos formatos e estilos com o passar dos séculos. Conheça um pouco da história desse item de decoração que está conquistando espaço no décor moderno.

Como uma vitrine de tesouros modernos, o Loyalty, de Nika Zupank, tem acabamento em madeira, vidro e latão.

As cristaleiras, ou armários envidraçados, eram peças de mobiliário consideradas essenciais em uma morada, pois eram símbolo de riqueza e poder, já que deixavam a mostra toda a porcelana, prata e objetos com valor sentimental das famílias mais abastadas. Estima-se que sua origem data do século XVII, quando a rainha inglesa Maria II encomendou um requintado móvel para expor sua grande coleção de porcelanas holandesas.

Tube Cabinet, de Christophe Côme.

Lembrando um cofre, o cabinet Precious, de CTRLZAK para Spazio Pontaccio.

 

A partir daí, o móvel se disseminou entre as cortes, grandes e imponentes, mundo afora. Em madeira e vidro transparente, elas ocupavam lugar de destaque nos espaços de convivência, aliando beleza e funcionalidade. Nos séculos seguintes, tornaram-se populares também fora dos palácios e passaram a ser peça de herança familiar.

O Steel Cabinet, de Sylvie Meuffels, traz design desconstruído, com estrutura em ferro e vidro.

O cabinet Haze Vitrine, da Ferm Living, possui acabamento em metal e vidro fosco trabalhado.

 

Por volta de 1950, a cristaleira estava em todas as moradas – das tradicionais as modernas -, acompanhando os acabamentos em alta da época, seja em metal ou madeira, caindo em desuso apenas em meados dos anos 1980. De volta à cena do décor, elas assumem novos contornos estéticos, em traçado simples, medidas compactas e acabamentos variados, levando assinatura de designers do mundo todo.

As cristaleiras atuais são versáteis e se harmonizam facilmente com os outros elementos da decoração, podendo ser usadas inclusive em cômodos alternativos, como varanda e banheiro. Assim, independente do local, funcionalidade ou material, elas continuam cheias de estilo, não apenas pelas peças que deixam amostra, mas por seu design moderno e inovador.

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta