NoIndex Link

Expressão Abstrata

0

Um trabalho dramático e extremamente sensível. Esse é o conceito de Juca Máximo, artista cearense que vem se destacando na cena internacional com um estilo “expressionista contemporâneo”. O talento se dissemina por outros segmentos do setor criativo, assim, o artista plástico também atua como diretor de arte, ilustrador, designer e músico, o que traz versatilidade e completude à sua obra, cheia de delicadeza.

Traços finos a lápis ou caneta surgem juntamente a pinceladas vigorosas, imprimindo total personalidade à cada peça. O impacto, técnica que destaca textura e relevo por meio das camadas espessas de tinta sob a tela, tem uso recorrente no seu trabalho para tirar proveito do choque de cores e de uma certa agressividade, contrastando com a leveza dos retratos.

Essa mescla produz um total equilíbrio entre os elementos da composição. Pintura a óleo, pintura acrílica, aquarela, gravuras, nanquim, lápis, digital art, escultura em clay e escultura digital são alguns dos recursos visuais utilizados por Juca Máximo para formular seu conceito tão distinto.

É dessa forma que o cearense tornou-se destaque com a série “Risque a pele, não os seus sonhos”, na Revista austríaca Archive (Luerzer’s Archive), considerada a mais conceituada publicação da publicidade mundial. O trabalho busca representar a essência de coragem a partir de frases “tatuadas” em tela, como “risque sua pele, não os seus desejos”, “risque sua pele, não suas cores”, “risque sua pele, não sua liberdade”. Assim, Juca pensa a apropriação do corpo, com precisão artística. “Tatuagem é para rebeldes, sonhadores e não-conformistas.


É um incentivo para as pessoas, porque são instigados a riscarem suas peles e não suas ações ou sua liberdade”, explica o entusiasta artista, que foi premiado pelas obras Expressionism 1 e Expressionism 2 no festival Art of Humanity, com exposição na International Galery of Arts, em Toronto. Essas mesmas obras podem ser vistas na MaisArte Galeria, localizada em Fortaleza, no Salinas Shopping. É sensibilidade e expressão a flor da pele!

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta