NoIndex Link

Kel Oliveira – Expressão da Pluralidade Feminina

0

O existencialismo feminino remete a um universo extremamente sensível e misterioso, com a subjetividade revisitada e representada nas mais diversas expressões artísticas ao longo da história da humanidade, como na literatura, cinema, fotografia e artes plásticas. Assim, a exaltação do perfil poético das mulheres está atrelada ao culto à beleza, ao mistério de ser, à sensualidade e às questões femininas conflitantes, tão debatidas em sociedade. Toda essa complexidade é traduzida pelo olhar sensível da fotógrafa e designer Kel Oliveira em cada traço das imagens produzidas na Série Perfil.

O projeto ancora-se nas questões sociais, reivindicando a diversidade tão própria da nossa mulher. Ao todo, são seis obras que trazem em seu âmago técnica mista de impressão digital, pintura acrílica sobre tela e bordado manual, transmitindo a brasilidade dessa mulher captada por Kel. As peças são exclusivas, assim como a aura singular manifesta no que há de mais plural da feminilidade. “Perfil é um estudo silencioso sobre a beleza natural de cada mulher. Trata-se de personagens imaginárias, exaltando as mais diversas formas e peculiaridades para representação das múltiplas facetas do feminino”, explica a artista.

Kel Oliveira contrasta fotografia digital e o artesanal bordado à mão para conceber belas imagens místicas, sempre destacando as características mais marcantes da raíz da mulher brasileira, com ênfase nos traços étcnicos e culturais, destacando feições e cabelos, por exemplo.

Além de exposição permanente de seus trabalhos na Galeria Mariana Furlani de Arte Contemporânea, a designer produz peças para a Galeria Urban Art, que tem sede em diversas cidades do País.

Os apreciadores de arte também podem conferir as obras de Kel no Studio K , que abriga o acervo próprio de imagens captadas por suas lentes ao longo dos anos. Com o olhar sempre atento e sensível, aproveita viagens para registrar cenários, objetos e pessoas, transformando um instante em arte. Assim, passou a usar as fotos para o trabalho com infogravuras. O resultado é uma obra contemporânea, personalizada e cheia de emoção.

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta