NoIndex Link

Preview 2018

0

O VERDE,  TUDO É MISTÉRIO. Além de aproximar o homem da natureza, o verde em tons escuros propicia uma atmosfera misteriosa de efeito envolvente. Estamos falando mais especificamente do verde eucalipto, que fica entre o esmeralda e o musgo, e é a aposta da Eucatex para 2018. O tom transita entre os diversos estilos, do universo cosmopolita ao rústico, com a mesma desenvoltura.

ADORNO RUPESTRE, SINÔNIMO DE EXPRESSÃO. O tom cinza rosado, suave e quente, foi a aposta da Coral para o próximo ano. A cor, assim como o próprio nome, remete às pinturas dos primeiros abrigos da humanidade, despertando o desejo de se expressar e personalizar os espaços. Um resgaste do passado que inspira sensações de acolhimento e segurança, indo ao encontro da necessidade de uma casa que transmita conforto e abrigo, conceitos essenciais nos lares urbanos. Aliado a outros tons de rosa, tem o dom de modernizar o clássico ou converter em luxo um móvel minimalista.


FRANJAS, PURA SENSUALIDADE. Roupas e acessórios franjados sempre retornam às passarelas. Dessa vez, elas invadem os lares e decretam sedução, leveza e movimento a móveis e objetos de forte personalidade, trazendo um espírito boho ao espaço. Na imagem, a poltrona Fingers, da portuguesa Munna, combina as franjas com tecido de luxo e curvas elegantes, trazendo um toque feminino ao décor.


WASHED SILVERS, REQUINTE CONTEMPORÂNEO. O tom evoca elegância e contemporaneidade, sendo uma ótima alternativa para quem quer romper com o branco recorrente das cozinhas. O aço inoxidável tão usado nos ambientes industriais por inspirar durabilidade e limpeza ganha novos contornos e chega com tudo nas áreas gourmets modernas, vestindo mobiliário, bancadas, painéis e utensílios. A exemplo do modelo acima, da Euromobil, que apresenta um ambiente de alta qualidade e tecnologia avançada. Mas o metalizado vai além e pode compor outros cômodos da casa, trazendo efeitos inesperados e um certo ar futurista ao espaço.

Aqui, a Normann Copenhagen usou o material na parede inteira com o intuito de criar uma base neutra e requintada para destacar as poltronas pretas.

EFEITO MARMORIZADO, UMA AURA SOFISTICADA. Sem dúvidas, a textura marmorizada é uma forte aposta para reforçar a personalidade do espaço com uma aura de requinte. O efeito visual da pedra natural produz uma estética ímpar ao décor, oferecendo infinitas possibilidades de padronagens para vestir paredes, pisos e até móveis. A trama que remete à nobreza do material também inspira outros revestimentos, como o papel de parede da Colico, que se torna ainda mais glamouroso pelos reflexos metalizados.


As mesas de centro TEBE, da Baxter, têm linhas simples, mas exploram toda a beleza do onyx rosé, trazendo um efeito atual e romântico ao décor.


LACA BRILHANTE, UMA CAPA ELEGANTE. As paredes lacadas que brilharam nos anos 1960 ressurgem, vestindo paredes inteiras, aportando um plus de sofisticação a decoração atual. É o toque de estilo que eleva os interiores a um patamar glamouroso. A exemplo do ambiente da Paul Michael Furniture, que investe na força do vermelho e abusa do revestimento alto brilho para fazer um contraste de impacto com a mesa em madeira natural.


AZUL ÍNDIGO, DE FORTE APELO VISUAL. Fresco e quente, jovial e profundo, o azul índigo semeia um vento contemporâneo em toda a casa, seja em acessórios, paredes ou tapetes. O tom singular remete a um caráter forte e ao mesmo tempo descontraído, prometendo energizar o décor em 2018. A elegância e a versatilidade da matiz na hora de combinar com outra cores da paleta, complementares ou analógicas, são inegáveis e provocam efeitos visuais bem diferentes, como mostrado no ambiente abaixo, da marca Gervasoni.

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta